Mostrar mensagens com a etiqueta eu e personalidades. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta eu e personalidades. Mostrar todas as mensagens

2017/02/18

Rememorando Acácio de Paiva - organização da Biblioteca Municipal de Leiria -11 fevereiro de 2017


Começou-se no Largo da Sé, em Leiria, em frente à casa onde nasceu Acácio de Paiva, a conhecida "Pharmácia de Leonardo da Guarda e Paiva".
David Telles disse poemas de Acácio de Paiva.
Na fotografia do meio podem ver-se: Constância e Filomena Paiva (netas de Acácio de Paiva) e de óculos escuros a Zaida Paiva Nunes (sobrinha neta).
Só um lamento da minha parte: a sra. bibliotecária esqueceu-se do livro que eu escrevi sobre Acácio de Paiva. Pura e simplesmente. E só se falou dele porque a minha prima, Filomena Paiva (Marques da Cruz), chamou a atenção para essa falha. Lamento a desatenção. Ao menos referi-lo...
O livro é este:
Editado com o apoio da então Junta de Freguesia de Leiria, de que era Presidente a Dra. Laura Esperança. Foi em 2013. A reportagem possível sobre a apresentação desse livro pode ser vista seguindo este link.
O livro é de distribuição gratuita. 
-
A reportagem fotográfica deste evento pode ser admirada aqui
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1300836956622059.1073742082.183312168374549&type=3


Uma das fotos da reportagem, na Biblioteca Municipal de Leiria, junto ao mostruário dos livros e documentos que se referiam a Acácio de Paiva. Quase todos.........
Podem-se ver, na parte direita da foto, as netas de Acácio de Paiva: Constância e Filomena Paiva.
-
ps.: Filomena Paiva Marques da Cruz morreu, entretanto, em Setembro 2017 e está sepultada em jazigo de família no cemitério de Sto. António do Carrascal, em Leiria.

2016/05/12

Guilherme aos 18 anos


Sou avô deste jovem, filho da minha filha Ines Paiva
Hoje faz 18 anos, o Guilherme Moura
Guilherme Nunes de Moura 
Desejo-te todas as venturas deste mundo
A tua avó Zaida, aqui ao meu lado
Também.
Que sejas muito feliz, Guilherme
Um abraço do tamanho do mundo
Beijinhos


(no FB https://www.facebook.com/orelhavoadora?fref=nf )



No jantar dos 18 do meu menino. Já é um homem, que orgulho! (mãe Inês no FB)



Jantar bom e barato... Apesar de os meus amores não terem preço... — em Café 32. (FB da mãe Inês)

2015/10/25

LUIS PASTOR - Óbidos - Portugal 24out15

           
La Mariposa de Noviembre
Dedicada a Zeca Afonso? e a Saramago?
Até 1m19 fala de Zeca Afonso, Saramago e da desejada mudança do sistema político em Espanha.
Que o PP não gosta dele e faz a apologia da Bandeira Republicana para Espanha.
A canção "La Mariposa de Noviembre"  começa aos 1m20s.



Um grande poema Manifesto Libertário de sua autoria.



Na rua Direita em Óbidos.


 Fiquei encantado por "haber encontrado" LUIS PASTOR. O encantamento com que disse e cantou SARAMAGO"! O seu jovem e entusiástico espírito de revolicionário/Libertário, poeta e cantor!|  Uma voz estupenda, Trouxe dois dos seus discos, um dos quais com poemas de Saramago.

Extraordinário sábado em Óbidos

FOLIO - FESTIVAL LITERÁRIO INTERNACIONAL DE ÓBIDOS

Gastronomia, Literatura, Música, Teatro... 

um sábado em cheio.


Parabéns Óbidos! (vimos por lá Mia Couto, o "Governo Sombra", Maria Rueff num extraordinário monólogo de 1h10m a partir de uma obra de António Lobos Antunes, Mário Laginha Trio e Cristina Branco a cantar Chico Buarque, Luis Pastor a apresentar o seu livro em português/espanhol/CD "Nesta esquina do tempo"; também disse e cantou poemas de Saramago e um extraordinário manifesto Libertário.......)

-
Fomos a Óbidos, este sábado, 24 out 2015. Eu, a Zaida e a Maria.
Fizemos a viagem pela manhã e chegámos cerca das 11 horas. Passeámos pela rua Direita, cheia de movimento e fomos almoçar ao restaurante "Pretensioso" perto da igreja de Santa Maria. Uma cozinha excelente: comemos bife de novilho e arroz de pato. Bebemos duas garrafinhas de vinho e uma sobremesa muito saborosa. Tudo com uma apresentação e qualidade que se pode classificar excelente. Ficámos amigos dos donos do restaurante. Compraram a casa onde está o restaurante depois de terem trabalhado 20 e tal anos no Bar do Lagar. 
Acabámos a tirar uma fotografia com a D. Adélia Belo, a cozinheira chefe. E que chefe!





(Aproveitar enquanto é tempo...)
...



---------