Mostrar mensagens com a etiqueta estudantes. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta estudantes. Mostrar todas as mensagens

2012/04/10

A Lua às fatias


Bom dia, rapaziada!
As aulas recomeçaram hoje?
Para mim, pelos vistos, também.
Estou a aprender a inserir um vídeo processado pela nova plataforma da Google mas as coisas não me saíram bem, à primeira tentativa.

Vou estudar um pouco mais a ver se percebo o que se está a passar de errado.
...
 algum tempo depois...
Retomei o esquema habitual, colocar o vídeo (diapositivos em filme) no YouTube. Deu resultado. Sabem que o YouTube também pertence ao grupo da Google, claro que sabem, aliás voçês já sabem mais do que o "mestre da música", quer dizer, às vezes voçês convencem-se disso mas ainda têm muito que aprender, tenham lá santa paciência...
No tempo em que eu tinha a vossa idade brincávamos com os piões, bolas de trapos para jogar futebol (mais tarde, já na juventude, lá apareciam umas bolitas de cautchu (acho que é assim que se escreve) e então era uma festa...

Boas aulas...

Portem-se bem, colaborem com os vossos professores, peço-vos, para vosso bem, por um Futuro melhor, que voçês merecem e que nós (os vossos pais e avós e professores) desejamos do coração...
@as-nunes

2009/05/23

Benção das Pastas - Estudantes em Leiria


(clic para ver as flores dos Jacarandás)

O Largo da Sé, em Leiria. Estudantes universitários e familiares em preparativos para a Bênção das Pastas.
Eu cá estou, entocado no escritório, a ultimar trabalhos de fim de prazo. Inapelável.
Os Jacarandás a começar a florir, embora a medo. O tempo também não está para outra coisa. Tem chovido a potes, hoje...
Posted by Picasa

2008/11/05

Jovens estudantes em Leiria

Alunos do Secundário de Leiria em luta contra o novo regime de faltas.
Ali mesmo ao lado, na Alameda Dr. José Lopes Vieira (1862-1907), Engº Silvicultor a quem se deve a correcção do leito do Rio Lis, podemo-nos extasiar com o colorido deslumbrante dum recanto (por mim incansavelmente reportado em entradas anteriores) dum conjunto variado de árvores ornamentais. Que os jovens estudantes, ao mesmo tempo que se manifestam pelos seus presumíveis direitos nas Escolas, não deixem de memorizar esta imagem deslumbrante, para que no Futuro venham a rever estas mesmas árvores, com o ambiente devidamente preservado, graças à sua actuação militante quando chegar a sua vez de serem eles a gerir a sociedade, nos seus díspares sectores.
Posted by Picasa

2008/05/17

DEIXEM-NOS VIVER!...

São quase 6 horas da tarde. Lá fora o Largo da Sé, soa a vozes de jovens recém-licenciados. Afeérriaas para todos os gostos consoante o Curso, achei um piadão ao dos de "Educação Física"! O dia tem estado bonito, a convidar a andar a pé, pela cidade, pelo campo, a observar as árvores dos jardins e dos arruamentos e praças de Leiria. A sentir o vento que passa! E as flores e plantas silvestres? Um espectáculo que é uma dor de alma desperdiçar, tantas são as voltas que temos que dar aos papéis e às contas.
Apetecia-me fazer aqui um reparo ao Snr. Ministro das Finanças: O snr. já reparou na quantidade de TOC´s e outros profissionais que, neste fim-de-semana, estarão a trabalhar? A fazer o quê? A preparar as contas para apurar o mais correctamente possível os impostos sobre o rendimento que as pessoas e as empresas terão que pagar com referência às suas actividades profissionais e empresariais durante o ano de 2007. Pensássemos todos nós bem, seria necessária tanta papelada, tanta burocracia, tanta lei e Decreto-lei e Portarias e regulamentos e Decretos regulamentares e ofícios circulares a explicar como é que uma alínea dum artigo duma lei qualquer deve ser aplicada? Claro que não. O nosso país está a ficar empanturrado de tecnocratas, uns até por gosto, outros porque a isso são obrigados pela força das circunstâncias da teia da vida.
Quanto tempo da nossa vida desperdiçada com trabalhos fúteis, desnecessários, improdutivos!...
Houvesse vontade política e a tributação do rendimento seria muito mais facilitada. É que nem os Simplex vêm simplificar grande coisa. Para quê tanta informação? Para brincarmos ao cruzamento das bases de dados umas com as outras? E o cidadão que é apanhado no meio desse fogo cruzado, se não completamente cego, pelo menos muito míope, a quem lhe cativam a conta bancária por meia dízia de cêntimos, a quem lhe penhoram tudo o que tiver em seu nome, à mínima distracção?
Reorganizemos a vida em sociedade! DEIXEM-NOS VIVER!

Posted by Picasa

Hoje, em Leiria

(1)
(2)
1) Atletas de várias Associações de Atletismo portuguesas a concentrarem-se para um meeting a realizar no Estádio Magalhães Pessoa. Podem ver-se as de Leiria, de Viseu, de permeio a de Macau (surpreendeu-me mas por algum motivo especial estarão presentes). Também cá estavam Beja, Castelo Branco e muitas outras. Havia uma banda de música a preparar-se para animar a festa. Estávamos no Largo do Papa Paulo VI, vendo-se ao fundo o Castelo de Leiria.
1) Estudantes Universitários a iniciarem os preparativos para a cerimónia da benção das pastas, que vai ter lugar na Sé Catedral de Leiria. Normalmente este Largo da Sé, enche-se literalmente com estudantes e familiares. E, como habitualmente todos os anos, aqui estou eu, no meu escritório a queimar pestanas para que as empresas prestem contas de fim de ano ao Fisco. Mas que fadário!...
Posted by Picasa

2006/05/20

LEIRIA ACADÉMICA e CATÓLICA


Missa da bênção das Pastas dos finalistas universitários na Sé de Leiria. Foto tirada pelas 17h30 no interior da Sé, completamente cheia. Muitas centeas de pessoas, familiares e amigos dos estudantes com toda a certeza, cá fora no Adro e no Largo da Sé e redondezas, muita gente nos cafés. Também havia muita animação de estudantes a festejar efusivamente com canções académicas bem regadas com cerveja. Bem os vi - onde está o espanto? - quando tive que sair um bocadito para espairecer e tomar um café. Tive que ir à Praça Rodrigues Lobo, que aqui ao lado, no Café/Restaurante do Filipe não havia espaço para mais ninguém. Estava a abarrotar de estudantes envoltos nas suas capas e batinas pretas, muitos de chapéu preto de aba larga.
Uma festa de tradição, fé e orgulho por se ter atingido o objectivo de finalizar um curso Universitário. Quer para os estudantes quer para os seus familiares.
Muitas felicidades e sorte é o que se deseja, de que bem vão precisar no Futuro que por aí vem, sorrateiro e matreiro. Que estes nossos estudantes venham a ser capazes de tornear as dificuldades que se adivinham nas brumas do horizonte da vida actual!...
Posted by Picasa