Mostrar mensagens com a etiqueta Zaida Paiva Nunes. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Zaida Paiva Nunes. Mostrar todas as mensagens

2017/09/19

Zaida Nunes apresenta livro de poemas de Clara Paulo em Porto de Mós



-
O presente vídeo tem uma duração de cerca de 10 minutos.
Será divulgado via FB uma versão mais sintetizada para maior comodidade de quem quiser tomar conhecimento do que foi esta sessão. O local recomendado pelo Presidente da Junta, José Gomes dos Santos, foi a histórica e airosa  Casa de D. Fuas Roupinho (também do Barão de Porto de Mós, já no decorrer do séc. 19/20). Daqui se podem admirar soberbas vistas panorâmicas sobre o Serro Ventoso, Serra dos Candeeiros e outros montes com silhuetas belíssimas.

No dia 16 Setembro de 2017 teve lugar uma interessante apresentação do livro de poemas de Clara Paulo no auditório da Junta de Freguesia de Porto de Mós.

O Presidente da Junta, José Gomes dos Santos, foi incansável para que todo este evento decorresse num ambiente muito agradável e digno. Teve a amabilidade de me oferecer o livro "Ventos da Memória - Porto de Mós/ S. Pedro e S. Paulo onde se apresenta a freguesia que é uma agregação de duas freguesias históricas. Silva Neto foi o seu primordial autor, tendo embora tido a participação brilhante de outros ilustres portomosenses.

Fui ao FB da Clara Paulo e respiguei de lá este texto do meu amigo, companheiro de tertúlia, escritor, jornalista etc e editor consagrado, Carlos Fernandes, que é uma obra-prima de poder de síntese:
-
"CLARA PAULO APRESENTOU POESIA EM PORTO DE MÓS

O livro de Clara Paulo, “Veredas do silêncio”, foi relançado, desta vez no auditório D. Fuas Roupinho, na Junta de Freguesia de Porto de Mós, no dia 16 de Setembro de 2017. A apresentação esteve a cargo de Zaida Paiva Nunes e contou com a presença do Presidente da Câmara de Porto de Mós, João Salgueiro, do Presidente da Junta de Freguesia de Porto de Mós, José Gomes, do Secretário da Junta de Freguesia de Pedreiras, Victor Semião, e do editor da Textiverso, Carlos Fernandes. Acompanhadas ao piano por Beatriz Domingos, disseram poesia Zaida Nunes, Noémia Silva, Ilda Silva, Leonor Rita e a própria autora, Clara Paulo. A ilustrar musicalmente a sessão esteve o tenor António Alves. Teceram considerações os autarcas presentes. Sala cheia para uma sessão cultural memorável. [Fotos Clara B. Marques]." (*)
Segue-se uma sequência de fotos (*) de primorosa qualidade, como a Clara Marques nos tem habituado, aliás.
-

As fotografias que se seguem são, umas de minha autoria, outras da Maria Padrão, grande amiga e que nos acompanha com frequência. Obrigado, Maria.

Álbum de fotografias:















O tenor António Alves, que nos brindou com 3 excelentes representações líricas.

A autora, Clara Paulo e o Presidente da Câmara de Porto de Mós, João Salgueiro.




Zaida Paiva Nunes





 José Gomes dos Santos - Presidente da Junta de Freguesia de Porto de Mós






 Zaida Paiva Nunes e Maria Padrão




 Um pormenor do hall de entrada da Casa D. Fuas Roupinho, almirante ao tempo de D. Afonso Henriques

O espetacular livro que me foi oferecido pelo sr presidente da Junta, José dos Santos. Obrigado, caro amigo.

2017/08/28

Poetry Slam Leiria - 4º; em Lourais - Barreira - Leiria; 26ago17


---
em:
Poetry Slam Leiria

XL - Xpressivo Lírico
Vencedor do 4° Poetry Slam Leiria!
Parabéns!!
Muito obrigada a tod@s!

---
Bem. Afinal o que é o "Poetry Slam"?, estarão alguns leitores a perguntar? Uma explicação sintética pode ser alcançada na seguinte transcrição do texto que se encontra publicado no link: https://portugalslam.com/o-que-e-o-poetry-slam/ :

"O QUE É O “POETRY SLAM”? O POETRY SLAM É UMA PRÁTICA EM TORNO DA PALAVRA, QUE TEM NA SUA BASE VÁRIAS REGRAS QUE ENVOLVEM A PERFORMANCE E POESIA ORIGINAL DOS SEUS PARTICIPANTES, UM TEMPO LIMITADO A 3 MINUTOS PARA AS SUAS APRESENTAÇÕES, UM PÚBLICO COMO JÚRI QUE PONTUA CADA APRESENTAÇÃO DE 0 A 10, A AUSÊNCIA DE MÚSICA E ACESSÓRIOS E A ATRIBUIÇÃO DE PRÉMIOS SIMBÓLICOS NO FINAL. NÃO EXISTEM ESTILOS OU TEMAS ADEQUADOS, EXISTEM VÁRIAS LINGUAGENS POSSÍVEIS, QUE VARIAM COM A DIVERSIDADE DOS PARTICIPANTES QUE FAZEM PARTE DESTE MOVIMENTO."

Mais pormenores do modo de funcionamento desta iniciativa lúdico-cultural podem ser alcançados pela leitura do ´post` acima referido do blogue da comunidade "Poetry Slam". 

---
O 4º Poetry Slam Leiria foi um acontecimento deveras emocionante e muito participado. A mim tocou-me particularmente já que a Carla Veríssimo teve o apoio imprescindível e muito visível da Zaida Paiva Nunes, através da disponibilidade que proporcionámos em termos de espaço e condições operacionais e de ambiente.
Correu lindamente... julgo que as opiniões dos presentes e as suas reações elogiosas à organização no geral são disso prova inequívoca. Ficamos, eu e a Zaida, extremamente sensibilizados. 
A verdade é que o sucesso foi retumbante. Neste ritmo, o Slam de Leiria vai constituir-se num exemplo a seguir. Assim esperamos!
Fiz vários vídeos, que, na experiência que acima vos mostro, ficam aqui publicados em fragmentos rápidos e organizados ad-hoc por mim, um eterno aprendiz de tudo e mais alguma coisa...
Em conversa com o o Johnny, o XL que ganhou este ´Slam`, ficou combinado que ele próprio se iria incumbir de fazer uma montagem a preceito, como já deu para perceber que é um dos seus atributos. Aliás, ele próprio também fez a gravação de todo este evento.

---

Entretanto, deixo aqui, para memória futura, algumas das fotos que consegui, já que me tive de repartir entre operador de câmara, fotógrafo, participante  e anfitrião. Com muito gosto:


 A Zaida, como anfitriã,  e a Carla Veríssimo (a dinamizadora insubstituível), na apresentação do 4º Poetry Slam de Leiria. 









 Vieira da Mota a declamar o seu poema, "Veredas", que a assistência aplaudiu calorosamente.

 Mafalda Graça



Os participantes, quase todos... 
 A Carla e os membros júri: Jorge, António, Carla, Óscar, Luís, Mª José
 Os participantes

 A Carla com os finalistas

XL, o vencedor


´