Mostrar mensagens com a etiqueta Poemas da nossa vida/momento. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Poemas da nossa vida/momento. Mostrar todas as mensagens

2017/06/01

2017/05/30

Vídeo-montagem com fotografias das árvores do recreio da Escola Básica da Cruz da Areia - Leiria, poema de Carlos Lopes Pires e Música de Pedro Jordão.


Uma das minhas homenagens aos amigos:
Carlos Lopes Pires (Poema)
Pedro Jordão (Música)

Que se abalançaram à edição dum CD intitulado "era tão azul", cuja capa e contracapa é assim:


---



Vídeo-montagem com fotografias das árvores do recreio da Escola Básica da Cruz da Areia - Leiria, poema de Carlos Lopes Pires e Música de Pedro Jordão. Poema "no silêncio da semente".

2016/11/01

A Serra da Maúnça naquele momento


Passo em frente da janela
Instintivamente
Como um autómato
Olho para a serra mesmo ali
Do outro lado do rio
Ela acena-me como sempre

Desço as escadas
apressadamente
o mais depressa de que sou capaz

não quero perder pitada daquele olhar
mas os segundos passam no tempo
e o momento já é outro
mesmo assim tento capturá-lo
e fingir que é o momento
que queria fixar

quem se vai interessar
por esse momento
gravado no éter
energias bipolares
que julgamos que as conseguimos dominar
que somos capazes de as controlar

eis o momento
o fragmento a seguir
do tempo que já passou


as nunes17-1nov

2014/07/16

Cortes - Serão Literário no CRCC, à Quinta da Cerca