2009/05/02

À Mãe Natureza...Rosas para a minha mãe Encarnação!

Estes dois últimos dias têm-se apresentado duma forma excelente para a época do ano. Sol como já há uma semana ou mais não tínhamos, temperaturas máximas a subir. Claro que, estando nós em fim-de-semana prolongado e com este tempo, é natural que o computador tenha ficado para segundo plano.

Aliás, penso que até é salutar que tenhamos destes escapes nas nossas vidas. Pensando bem, somos cada vez mais os que passam bastante tempo defronte do computador. As atracções são muitas e a facilidade com que comunicamos uns com os outros sem termos que nos deslocar fisicamente, têem-nos induzido ao comodismo da comunicação digital. Em detrimento do insubstituível contacto pessoal. O que não augura nada de bom para a necessidade duma maior e próxima socialização da Humanidade.


Quantas vezes não estamos, muitos de nós, a escrever simplesmente para o computador, a desabafar, a criticar, enfim a transformarmo-lo num autêntico confidente!..

Aqui deixo, para minha própria descompressão, e até para ajudar a apaziguar os ânimos dos leitores, ocasionais ou de tertúlia, deste meu blogue, o vídeo acima, composto de uma simples sequência de algumas fotos de flores do meu jardim, tiradas por mim, hoje mesmo.

Sejam felizes! Aproveitem o tempo!...

8 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Gostei das tuas flores e do teu jardim e de saber que tens um jardim com flores e que as aprecias.
As pessoas deixaram de amar os jardins e transformaram os afectos em bloggers distantes. Até quando?


Abraço

Isa disse...

Lindas as flores,lindo o seu gesto.
Beijo.
isa.

as-nunes disse...

Contrariamente ao que, por vezes se pensa, a comunicação digital leva muita gente a uma maior solidão.
A verdade é que há quem se iluda com o facto de que, enquanto defronte do computador, muito dificilmente se sentirá desacompanhada, o problema é quando tem de o desligar...
Está-se a tornar cada vez mais evidente que o Homem é um ser eminentemente social. Desde sempre que andamos a apelar a este chavão, mas fazemos precisamente o contrário.
Procuremos os amigos, organizemo-nos em tertúlias, cultivemos a ética e a estética.
Temos de encontrar tempo para apreciar calmamente o Belo!...
...
Muito bom dia a todos, hoje, Dia da Mãe. E em todos os outros...

tulipa disse...

OLÁ AMIGO ANTÓNIO

Começo por enviar um beijinho especial à Zaida, tua companheira e Mãe, Avó. Neste dia da Mãe, tudo de bom para a Zaida.
Quem sabe a Zaida tenha filhos e netos próximos, quem lhe quer bem e a ama.
No entanto há muitos filhos que nem se lembram que hoje é Dia da Mãe...infelizmente!!!

Sobre o teu parecer, li e não posso estar totalmente de acordo, pois cada pessoa é um caso e as vivências de cada um são tão diferentes...que aquilo que é normal para ti não poderá ser o mesmo para mim...

Escreves:
..."a comunicação digital leva muita gente a uma maior solidão..."
E...EU ACHO QUE A PRÓPRIA SOLIDÃO É QUE LEVA CADA VEZ MAIS PESSOAS A FICAR DEPENDENTE DA COMUNICAÇÃO DIGITAL.
António, já sentiste solidão na tua vida?
Se eu o digo é porque a solidão é minha companheira há muitos anos, infelizmente...

ACREDITO QUE:
...O Homem é um ser eminentemente social...
Mas ser social com quem?
Na minha ida diaria para o trabalho e conviver com os colegas é a minha unica forma de ser social...de resto, o que me sobra?

Escreveste:
..."Procuremos os amigos, organizemo-nos em tertúlias, cultivemos a ética e a estética.
Temos de encontrar tempo para apreciar calmamente o Belo!..."

MEU AMIGO
A PROCURA TEM QUE SER FEITA A DOIS.
De que adianta um querer quando o outro não quer? quantas pessoas que eu julgava serem minhas amigas eu procuro, convido, telefono e elas dizem sempre NÃO...???
desta forma é impossível conviver, não achas?
António, eu perdi as minhas raízes, as amigas de infancia dispersaram e hoje cada uma vive mais longe umas das outras e, fazer amizades cá...é difícil para não dizer quase impossível.
Não concordas comigo?
Talvez não porque tens aí as tuas raízes.

Termino como tu:
Sejam felizes! Aproveitem o tempo!...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

PASSATEMPO/CONCURSO

Ó Az... Nunes

Porra! Andamos de candeias apagadas. Nem tu vais lá, nem eu venho cá. Té paracemos a Madalena Idlésias invertida, salvo seja... Vamos lá remediar esta merda, bora!

Está a decorrer n’A Minha Travessa do Ferreira, um novo passatempo/concurso sobre o tema Frases feitas. Vai até sexta-feira, 8.

Há prémios diversos para os três vencedores, incluindo os «prémios/mistério» que têm sido muito bem acolhidos por que os tem ganho.

Se quiseres dar lá um saltinho e tentar a sorte – muito obrigado. E passa a informação aos teus amigos e correspondentes, por favor. Lá te espero e a eles também…

Abs

PS - O Lis ainda corre?????

Ana Ramon disse...

Olá Amigo. Muito obrigada pelas tuas palavras carregadas de carinho. Vai ter mesmo que passar muito tempo
Um beijinho grande

ManuelNeves disse...

Viva!

Jardim bonito o seu! Tenho a certeza que essas flores são regadas e cuidadas com muito amor e carinho, pois embora não o conheça pessoalmente, percebo nos seus post's e comentários um Homem com um grande coração e sensibilidade apurada.
Quero agradecer-lhe de forma sentida o seu comentário no Populus, o seu incentivo e solidariedade demonstrada.
Um dia, ainda havemos de nos encontrar para festejar a vida e beber um copo à felicidade.

Um Abraço
ManuelNeves

Viviana disse...

Olá António

Procurava eu no Google um poema sobre o Rio Lis e vim parar aqui ao seu blogue.

Fiquei encantada ao encontrar tanta coisa bonita sobre a "minha linda Leiria e o meu saudoso Rio Lis."

Cheguei com sete anos e saí com vinte..para estudar Enfermagem em Lisboa e por aqui fiquei, na Zona da bela Sintra.
Já fui agumas vezes a Leiria matar saudades...

Gostei muito do seu blogue e penso aparecer por aqui sempre que puder.

Não se zangue comigo, mas "roubei-lhe" algumas fotos que coloquei no meu blogue, com indicação do autor, claro.
Tambem divulguei lá o seu blogue para , a fim de que os meus amigos possam, caso o desejem, conhecer melhor a nossa bela cidade.

Parabens por as suas flores: elas são lindas.

Um abraço

viviana